TESTE POST

O Partido Socialista quer adiar o fim do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras por seis meses. Após a extinção ter sido aprovada na Assembleia da República e entrar em vigor já no dia 11 de janeiro, o PS entende que “devido à evolução da situação epidemiológica” existe a “necessidade de reforçar o controlo fronteiriço” e por isso pede uma extensão da reestruturação do serviço. Com este novo prazo, a reestruturação já vai ser liderada pelo novo Governo que sair das legislativas de 3o de janeiro.

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

fr_FRFR